Após ação de Luisa Mell, maior rede de pet shops do país anuncia fim da venda de cães e gatos

- visualizações

Após ação de Luisa Mell, maior rede de pet shops do país anuncia fim da venda de cães e gatos

Um momento importante na causa animal.


1302 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A ativista vegana Luisa Mell (Instagram) fez na última semana um dos maiores resgates de animais já registrados no Brasil. Mais de 1.700 cachorros foram retirados de um canil que atuava de forma irregular, com maus-tratos aos animais.

Um dos clientes desse canil era a Petz, a maior rede de pet shops do país. Assim que a notícia estourou, a Petz anunciou o fim do relacionamento com o canil denunciado. Mas a repercussão não parou e a rede decidiu não comercializar mais cães e gatos em nenhuma de suas 82 lojas espalhadas por 9 estados brasileiros.

Sergio Zimerman, presidente da rede, fez um pronunciamento via redes sociais na noite dessa terça-feira (19) explicando os motivos que o levaram a tomar essa decisão.

Segundo ele, a rede mantinha um rígido controle dos criadores de filhotes que revendiam em suas lojas. Mesmo assim, esse canil foi pego com maus-tratos aos animais. Então, ele perguntou para a equipe qual a chance de uma nova denúncia sobre canis com os quais eles têm relação sofrerem denúncias semelhantes.

A equipe garantiu que o processo de fiscalização dos fornecedores de filhotes é 99% seguro. Como não é possível garantir que 100% dos cães e gatos vendidos na rede venham de locais que não pratiquem maus-tratos, eles decidiram por encerrar a venda desses animais.

No mesmo pronunciamento, Sergio disse que ainda há filhotes remanescentes nas lojas e que o lucro com a venda desses últimos filhotes de cães e gatos será repassado para projetos de adoção administrados pela rede. Todo o espaço dentro das lojas que antes era usado para venda de cães e gatos será destinado a eventos de adoção de ONGs parceiras.

Um passo gigantesco na luta contra as fábricas de filhotes no Brasil, sem dúvidas.

Sobre outras espécies de animais que são vendidas nas lojas Petz, como aves e peixes, Sergio não falou nada ainda. Com esse primeiro passo, porém, fica mais fácil vislumbrar um futuro próximo no qual a maior rede de pet shops do país deixará de vender animais.

Assista ao pronunciamento | Instagram

1302 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: