Ativistas veganos salvam 800 jumentos que seriam abatidos e agora buscam recursos financeiros

- visualizações

Ativistas veganos salvam 800 jumentos que seriam abatidos e agora buscam recursos financeiros

Entenda o caso e ajude.


158 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A Frente Nacional de Proteção ao Jumento, liderada por ativistas veganos, conseguiu na Justiça a tutela de 800 jumentos que seriam mortos para consumo de sua carne. No sertão da Bahia, há até matadouros especializados em abater esses animais para exportar sua carne e pele para a China.

Mas, recentemente, os ativistas conseguiram salvar 800 desses animais. Eles estão agora no município de Canudos, no sertão baiano. Como é possível imaginar, existe um alto custo mensal para manter esses animais, por isso, foi aberto um financiamento coletivo no site Catarse para quem quiser ajudar esses animais.

Se você quer ajudar, clique no link a seguir (clique aqui).

Abaixo, a bióloga vegana Patrícia Tatemoto, envolvida na ação, explica um pouco do que está acontecendo.

Assista ao vídeo | YouTube

158 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: