Proposta que proíbe exportação de animais precisa de você via internet agora e em SP na terça (26)

- visualizações

Proposta que proíbe exportação de animais precisa de você via internet agora e em SP na terça (26)

Ajude pela internet e, se puder, presencialmente.


401 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) o PL 31/2018 (íntegra do PL), que proíbe a exportação de animais vivos em todos os portos do estado. Será o fim dos navios carregados com milhares de animais vivos nos portos de Santos e de São Sebastião, por exemplo.

O PL será votado nesta terça-feira (26) e há duas maneiras de ajudar, conforme explicou em sua página do Facebook o autor do projeto, deputado Feliciano Filho:


1. Pedidos via Facebook

Até a data da votação, é importante pedir aos deputados da ALESP que eles estejam em plenário na terça-feira (26) às 16h30 para a votação. A lista completa com as redes sociais dos deputados em links clicáveis está no link a seguir (clique aqui).

Exemplo de mensagem que pode ser copiada e colada para os parlamentares – substitua “DEPUTADO” pelo nome do político:

DEPUTADO, peço em nome de todos os que se importam com os animais que o senhor esteja em plenário na terça-feira (26) às 16h30 para votação do PL 31/2018, que trata da proibição da exportação de animais vivos nos portos de nosso estado. O governador e o presidente da casa já se colocaram a favor do pleito. Conto com a sua presença e sensibilidade.

2. Comparecimento na ALESP

Além de enviar lembretes aos deputados, é importante a presença de todos os interessados na causa animal na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), terça-feira (26). A concentração dos ativistas será às 14 horas e a votação está programada para começar às 16h30. Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, 201 – Paraíso – São Paulo–SP (Google Maps).


Há um grupo de ativistas de diversas ONGs fazendo visitas aos gabinetes da ALESP durante toda a semana em busca de apoio a essa proposta.

A sua participação é fundamental para que esse Projeto de Lei seja votado e aprovado na ALESP. Assim que ele for aprovado por lá, o governador Márcio França o sancionará. Ele já deixou isso público, conforme noticiamos anteriormente (relembre aqui).

401 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: