Análise de produto: experimentamos os queijos veganos fermentados da marca carioca NoMoo

- visualizações

Análise de produto: experimentamos os queijos veganos fermentados da marca carioca NoMoo

Confira uma análise aprofundada sobre o produto.


31 pessoas agradeceram por este conteúdo.


É quase uma unanimidade: quando a pessoa decide que vai se tornar vegana, o consumo de queijos de origem animal é o ponto mais difícil a ser vencido na alimentação.

Para resolver esse problema e ajudar cada vez mais pessoas a se tornarem veganas sem grandes dificuldades, dezenas de empresas desenvolvem queijos veganos, feitos com ingredientes 100% vegetais.

A marca carioca NoMoo (Site | Facebook | Instagram) está entre essas empresas, mas tem um grande diferencial: seus produtos são fermentados e fabricados de forma bastante similar àquela usada por empresas de laticínios convencionais.

O processo de fabricação dá aos produtos da NoMoo um sabor único. Se o queijo NoMoo fosse colocado em uma escala ficaria muito acima dos queijos veganos mais comuns do mercado brasileiro. A base de todos os produtos NoMoo é leite de castanha de caju e óleo de coco. A empresa tem 5 tipos de queijos: muçarela, chévre (imita queijo de cabra), provolone, prato e parmesão.

Os tipos parmesão, prato e muçarela são excelentes, com destaque para a textura dos 2 últimos, que são bem firmes. O parmesão é ralado e bem salgadinho como tem que ser e também tem o sabor fermentado característico da marca. Mas o provolone e o chévre são especialmente gostosos. O provolone tem o sabor defumado que se espera de um queijo deste tipo, uma pena que não seja defumado por defumação natural, e sim com fumaça líquida (sintética). Essa é a única ressalva.

O chévre fica com a medalha de ouro por ser absurdamente delicioso e ter uma textura que lembra o famoso Catupiry. O sabor é bem marcante e deve agradar mesmo aqueles que comem queijo feito com leite de animais.

Com exceção do parmesão (que é em pó), todos os queijos da NoMoo são indicados para rechear sanduíches e pizzas e se comportam muito bem sob altas temperaturas. Fizemos um teste de frigideira – assista ao vídeo abaixo – e eles realmente derretem. Dentro de um sanduíche ou em uma pizza, eles se fundem perfeitamente. Mas não esticam como queijos de origem animal, o que é normal para queijos veganos.

O preço não é um forte atrativo da NoMoo e o cliente que quiser consumir seus produtos precisa entender isso. As pequenas peças de 150 gramas têm uma faixa de preço que vai de R$ 20,00 a R$ 30,00 para o consumidor final.

A distribuição da NoMoo ainda é modesta por ser uma empresa pequena e também porque os produtos são refrigerados. E por ser um produto natural, tem validade curta, de apenas 30 dias. Mas, ao experimentar os queijos da marca, fica óbvio que há um grande potencial a ser explorado. Os queijos da NoMoo não perdem em nada para os melhores queijos veganos importados.

Assista ao vídeo | Streamable

.

NoMoo – queijos veganos fermentados
  • 10/10
    Sabor - 10/10
  • 9.5/10
    Aroma - 9.5/10
  • 10/10
    Textura - 10/10
  • 10/10
    Primeira impressão (propaganda x realidade) - 10/10
  • 10/10
    Aparência do produto - 10/10
  • 9/10
    Embalagem (visual) - 9/10
  • 8/10
    Embalagem (sustentabilidade) - 8/10
  • 9.5/10
    Embalagem (praticidade) - 9.5/10
  • 9.5/10
    Embalagem (clareza de informações) - 9.5/10
  • 9/10
    Saudabilidade (tipos de ingredientes usados e nível de processamento) - 9/10
  • 10/10
    Versatilidade - 10/10
  • 5/10
    Distribuição (acesso ao produto) - 5/10
  • 7/10
    Custo-benefício - 7/10
9/10

IMPORTANTE:

Esta análise foi feita por Fabio Chaves, fundador do Vista-se. É uma opinião pessoal, publicada sem qualquer tipo de pagamento ou outra forma de benefício.


31 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: