Após denúncia de fraude, Câmara dos Deputados decide acabar com todas as enquetes de seu site

- visualizações

Após denúncia de fraude, Câmara dos Deputados decide acabar com todas as enquetes de seu site

A denúncia foi feita pelo blog animalista O Grito do Bicho.


  Achou útil? Clique no coração e agradeça.


Conforme noticiamos nessa segunda-feira (6), o blog animalista O Grito do Bicho denunciou um esquema fraudulento onde caçadores de animais usavam uma brecha na segurança do site da Câmara para fraudar enquetes (relembre aqui).

Em resposta ao fato, a Câmara dos Deputados anunciou que todas as enquetes do site serão desativadas ainda em fevereiro. Ao portal G1, o presidente da Associação Goiana de Caça e Conservação, Daniel Terra, confirmou que o vídeo que ensina a fraudar a enquete da Câmara é de sua autoria (confira aqui). Terra argumentou, no entanto, que ele apenas reproduziu uma prática que vinha sendo feita pelos protetores dos animais.

Não é preciso muito esforço para entender que a acusação de Terra não faz o menor sentido. Se os protetores de animais estivessem fraudando a enquete, por que estariam perdendo de lavada? E por que a ativista Sheila Moura, do blog O Grito do Bicho, teria denunciado a prática à Câmara dos Deputados se ela estivesse sendo beneficiada com a fraude?

Por meio de nota, a assessoria da Câmara confirmou ao portal G1 que as enquetes serão apagadas. “A Câmara pretendia estimular o debate sobre propostas em tramitação na casa. A partir deste ano, essas enquetes também deixarão de existir nas matérias da Agência Câmara sobre projetos apresentados pelos deputados. Para isso, as últimas providências estão sendo finalizadas. Ao longo dos anos, por mais eficiente que fosse a ferramenta, constatou-se a dificuldade de se evitar manipulações, uma vez que as barreiras tecnológicas disponíveis são muitas vezes superadas por fraudadores.” – diz a nota.

Ao Vista-se, a ativista Sheila Moura se mostrou insatisfeita com a demora em a Câmara assumir o erro, mas concordou que o melhor mesmo é que as enquetes não existam mais, já que não há um sistema confiável o bastante. Outro ponto em que todos concordam é que os legisladores simplesmente ignoram os resultados dessas enquetes em suas decisões. “Acho que deveriam tirar as enquetes do ar porque os próprios legisladores não as consideram.” – disse.

  Achou útil? Clique no coração e agradeça.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: