- visualizações

Após proibição, uma das três empresas que produzem ‘foie gras’ no Brasil já fala em falência

Saiba na matéria quais são e onde ficam as empresas.


8 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Poucos dias após a proibição da comercialização e do consumo de foie gras na cidade de São Paulo, resultados práticos e significativos para os animais começam a surgir. Embora nenhuma produtora da iguaria cruel francesa esteja situada em São Paulo capital, a cidade é a responsável por grande parte da demanda desse produto.

No Brasil existem apenas três empresas que produzem foie gras. Duas ficam no interior de São Paulo e uma fica na cidade de Indaial, Santa Catarina. No interior de São Paulo estão a Chez Pierre, que fica em Cabreúva, próximo a Itu, e a Agrivert, localizada no município de Valinhos.

Pierre Reichart, dono da Chez Pierre, disse em entrevista ao jornal Estadão que pretende fechar seu negócio, inaugurado há 15 anos (leia aqui). Segundo o empresário, cerca de 80% de sua produção é enviada para a capital. Com a proibição, não há mercado suficiente para seus produtos e a empresa deverá fechar. A empresa de Pierre tem 19 funcionários.

Em Valinhos, a cerca de 60 km da empresa da Chez Pierre, está a Agrivert, uma empresa com uma estrutura maior que também tem a capital paulistana como principal consumidora de seus produtos. Embora não tenha soltado nenhuma declaração à imprensa, é provável que a Agrivert também sofra diretamente com a proibição do foie gras em São Paulo.

A maior empresa brasileira produtora de foie gras, no entanto, fica longe do estado de São Paulo. A Villa Germania é uma grande indústria com mais de 400 funcionários que fica em Indaial, pequena cidade de Santa Catarina que tem cerca de 50 mil habitantes. Embora também venda para a cidade de São Paulo, boa parte da produção da Villa Germania é exportada.

Segundo o site da empresa, ela é responsável por 90% do fornecimento de patos e marrecos ao Oriente Médio, atendendo países como Turquia, Iraque, Israel, Arábia Saudita, entre outros. Tomando informações antigas sobre a empresa na mídia, é possível estimar que a Villa Germania mate mais de 20 mil patos e marrecos por dia.

8 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: