Ativista infiltrado filma laboratório usado por indústrias para testar em cães, gatos e macacos

- visualizações

Ativista infiltrado filma laboratório usado por indústrias para testar em cães, gatos e macacos

Tortura e morte.


187 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Um novo escândalo mundial envolvendo testes em animais acaba de surgir, dessa vez na Alemanha. O Ministério Público alemão vai investigar o laboratório LPT, especializado em testes toxicológicos em animais.

As ONGs Cruelty Free International e SOKO Tierschutz colocaram um ativista como funcionário do LPT por quatro meses. Lá dentro, ele filmou o dia a dia dos funcionários e revelou as barbaridades inerentes a esse tipo de estabelecimento.

Os animais são enviados a esses locais para testes em que recebem produtos químicos até morrer. Após centenas de mortes, os pesquisadores calculam qual quantidade de determinado produto fez tal espécie de animal morrer e assim conseguem definir uma dose letal. Esse é apenas um exemplo do tipo de estudo feito nesses locais.

No LPT, o ativista infiltrado flagrou diversos macacos imobilizados recebendo líquidos tóxicos por canos, demonstrando estarem apavorados pelo sofrimento ao qual estavam sendo submetidos. Além de macacos, o LPT tortura e mata também cães da raça beagle e gatos.

O vídeo é extremamente forte, mas importante para que se entenda de uma vez por todas porque veganos são contra testes em animais. Na verdade, qualquer pessoa que assista ao vídeo abaixo deveria se pronunciar contra as práticas exibidas nele.

Uma curiosidade quase macabra é que esses laboratórios usam uma comunicação limpa e em tons de branco e azul para passar uma imagem de limpeza e sobriedade. Veja o site do LPT, por exemplo (acesse aqui). Visual semelhante ao de um laboratório do tipo que fica em São Roque, no interior de São Paulo (veja aqui).

Apesar da comunicação sempre branca e azul, em seu interior esses locais têm muito vermelho de sangue, sujeira, animais vomitando produtos químicos e outras bizarrices.

 

187 pessoas agradeceram por este conteúdo.

publicidade


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: