- visualizações

Ativistas veganos gaúchos voltam a fazer protesto na seção de carnes de um supermercado

Veja como foi.


117 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Um grupo de ativistas gaúchos que aparece no YouTube como “Antiespecistas no Brasil” voltou a fazer manifestação pacífica em um supermercado, desta vez em Caxias do Sul, a cerca de 120 km de Porto Alegre.

Segundo nota enviada à imprensa, o intuito da manifestação é “desnormalizar o especismo cultural”. O grupo se posicionou na seção de carnes de um supermercado com cartazes e roupas pretas. Um manifesto em favor dos animais foi lido enquanto clientes continuavam suas compras.

Enquanto alguns ativistas seguravam os cartazes e o manifesto era lido, outros entregavam cartões com informações sobre veganismo, sugerindo sites como:

www.filmevegano.com.br
www.sejavegano.com.br
www.bit.ly/desafiovegano21
www.bit.ly/veganismosaudavel
www.bit.ly/sejaumativista

Os dois primeiros links são de hotsites criados pelo portal Vista-se. Muito nos lisonjeia vê-los sendo usados em ações assim.

O manifesto lido por um dos ativistas foi o seguinte:

“A maioria das pessoas é contra a crueldade, mas, todos os dias, milhões de indivíduos são submetidos a uma violência invisível. Indivíduos capazes de sofrer, que sentem como nós, mas que são ignorados apenas porque não pertencem a espécie humana. Até quando vamos fingir que os animais não sentem e não sofrem? Até quando vamos nos enganar acreditando que isso é necessário? Até quando vamos permitir que a cultura destrua nossa compaixão? Chegou a hora de agir pelos animais que não podem se defender! Chegou a hora de se opor a essa tradição insensível! Chegou a hora de se recusar a comer animais! Que tenhamos coragem para agir de acordo com nosso desejo de viver de forma pacífica.”

Abaixo, um vídeo enviado pelo grupo que resume bem a ação.

Assista ao vídeo | YouTube

117 pessoas agradeceram por este conteúdo.

publicidade


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: