Vista-se | BOPE usa helicóptero, balas de borracha e bombas de efeito moral para acabar com farra do boi

- visualizações

BOPE usa helicóptero, balas de borracha e bombas de efeito moral para acabar com farra do boi

Farristas foram surpreendidos em flagrante.



Farristas, como são chamados os que participam da farra do boi, foram surpreendidos no último sábado (15) enquanto praticavam mais um crime contra os animais na cidade de Governador Celso Ramos, município com cerca de 15 mil habitantes na Grande Florianópolis.

Acostumados com a frequente vista grossa da administração municipal, centenas de farristas foram pegos de surpresa pelo BOPE (Batalhão de Operações Especiais) durante o ato criminoso.

A Polícia Militar já havia tentado conter a população e resgatar o animal, mas houve resistência. No início da tarde do sábado (15), o BOPE foi chamado e acabou com a farra. Vale lembrar que a Polícia Militar, assim como o BOPE, são corporações controladas pelo governo de Santa Catarina, e não pela prefeitura municipal.

O BOPE chegou com o apoio de um helicóptero e, segundo a versão da polícia, foi recebido com latas, pedras e outros objetos. A versão é admitida por uma mulher que estava no local em matéria da Rede Globo (confira o vídeo no fim desta matéria).

Balas de borracha – atiradas inclusive do helicóptero –, bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo, escudos e cassetetes foram usados na ação. Alguns moradores que estavam no ato criminoso reclamaram da ação da polícia que, segundo eles, foi truculenta.

O prefeito da cidade, Juliano Duarte Campos, conhecido apoiador da farra do boi, publicou em uma rede social uma crítica à ação da polícia: “A sociedade de bem sendo tratada como bandidos, enquanto isso o tráfico aumenta, o homicídio aumenta… uma vergonha…” – disse. Mesmo sabendo que a farra do boi é proibida há mais de 20 anos no estado de Santa Catarina, o prefeito criticou apenas os policiais estaduais.

Mais tarde, com a câmera e o microfone da Rede Globo em sua frente, o prefeito disse que é contra a farra do boi e alegou falta de condições da prefeitura para combater esse tipo de crime (confira o vídeo no fim desta matéria).

O boi que estava sendo torturado pelos farristas foi encontrado muito machucado e foi sacrificado no local pela polícia, segundo a versão da corporação. Alguns farristas, no entanto, acusaram o BOPE de matar o boi à tiros sem motivo. A acusação foi rebatida pelo Ten. Cel. Sandro Nunes: “A Polícia Militar não tem a vontade ou o interesse de chegar ao sacrifício do animal. Essa situação só ocorre quando o animal já está em estado de agonia.” – disse.

Foram detidas durante a ação 14 pessoas. Algumas estavam com camisetas que faziam alusão à farra do boi.

No próximo ano, é possível que muitos moradores pensem duas vezes antes de praticar a farra do boi, já que a qualquer momento um helicóptero do BOPE pode chegar para terminar com o evento.

Assista ao vídeo | YouTube


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui).

Publicidade: