Carrefour vira alvo de protestos após segurança da rede matar cachorro a pauladas em Osasco

- visualizações

Carrefour vira alvo de protestos após segurança da rede matar cachorro a pauladas em Osasco

Queremos Justiça.


321 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A rede de hipermercados Carrefour está no meio de uma polêmica sobre maus-tratos aos animais. Um cachorro foi brutalmente assassinado dentro da loja do Carrefour da Av. dos Autonomistas, em Osasco, São Paulo. O crime foi cometido por um segurança do local.

O animalzinho circulava pelo estacionamento do local há algumas semanas. Há alguns dias, teria surgido uma ordem da administração da unidade para que o segurança retirasse o animal dali. Com dezenas de testemunhas, o segurança espancou o cachorro a pauladas e deixou o chão da loja lavado de sangue.

Testemunhas também disseram que, além do espancamento, o pobre animal também sofreu envenenamento. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Osasco foi chamado e tentou socorrer o animal, mas o cãozinho vomitava sangue e tinha muita dor. Acabou não resistindo e morreu.

A maioria dos funcionários da unidade amava o cãozinho e o ajudava com comida e água. Eles também estão revoltados e ajudando com informações para que os responsáveis sejam punidos.

Desde sábado (1), quando o caso veio à tona após denúncia de ativistas locais, a página oficial do Carrefour Brasil no Instagram recebeu cerca de 20 mil comentários na última foto publicada (veja aqui). Revoltados, usuários da rede social cobraram um posicionamento firme da empresa sobre o caso.

Em uma mensagem bem genérica direcionada a alguns usuários que comentaram, o Carrefour Brasil disse que repudia qualquer situação de maus-tratos aos animais e que a equipe de segurança foi afastada até que as investigações cheguem ao fim. A polícia abriu inquérito para apurar a responsabilidade do crime.

321 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: