Com fortuna de bilhões de dólares, príncipe vegano árabe inicia ativismo contra zoológicos

- visualizações

Com fortuna de bilhões de dólares, príncipe vegano árabe inicia ativismo contra zoológicos

Ele já inaugurou um aquário totalmente virtual.


429 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Já está em funcionamento em Nova Iorque, nos Estados Unidos, um novo local de entretenimento chamado Ocean Odyssey, conforme noticiou o site Hypeness (veja aqui). Trata-se de um aquário de última geração, totalmente virtual, sem água e sem peixes reais.

Por trás da grandiosa obra, que já recebeu mais de 250 mil visitantes nos seis primeiros meses de funcionamento, está o príncipe Khaled bin Alwaleed, da Arábia Saudita. Khaled é o filho mais velho de Alwaleed bin Talal, o homem mais rico da Arábia Saudita e o 26º mais endinheirado do mundo.

O Ocean Odyssey (site oficial) é uma experiência que une tecnologia de ponta e imersiva, dando a oportunidade aos visitantes de conhecerem animais marinhos sem que eles precisem ser retirados do oceano. O projeto é uma parceria do bilionário árabe com o canal de TV por assinatura National Geographic.

Khaled é vegano e costuma publicar bastante sobre o assunto em sua conta verificada no Instagram (veja aqui). Mais do que vegano, Khaled tem despontado como um ativista e é muito direto em seu discurso sobre animais em cativeiro: “Nosso objetivo é erradicar os zoológicos completamente do Oriente Médio. Um zoológico já é demais.” – diz o príncipe.

Após o sucesso de Nova Iorque, Khaled quer levar o Ocean Odyssey a dez grandes cidades do Oriente Médio até o fim de 2019.

No vídeo abaixo, é possível ter uma noção do que é o Ocean Odyssey.

Assista ao vídeo | YouTube

429 pessoas agradeceram por este conteúdo.

publicidade


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: