- visualizações

Corante vermelho 40 não é de origem animal


269 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Fique de olho nas embalagens e questione conosco

Desde que publicamos a matéria “Há insetos no seu refrigerante” (leia aqui), em março de 2012, algumas pessoas entraram em contato conosco contestando o fato do corante vermelho 40 estar entre os nomes dados pela indústria ao corante obtido do inseto cochonilha.

Alguns usuários disseram ter se informado com profissionais da área alimentar e obtido a informação de que o corante vermelho 40 é sintético. Como o objetivo do ViSta-se sempre foi e continuará sendo o aprendizado, fomos em busca da informação correta.

De fato, não conseguimos encontrar nada que afirme que o corante vermelho 40 esteja ligado ao corante derivado da cochonilha.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) classifica o corante vermelho 40 como “Corante orgânico sintético artificial (C.II)”, uma categoria diferente dos corantes que podem conter insumos de origem animal. Para a ANVISA, os corantes que podem ser vegetais ou animais estão sob a categoria “Corante orgânico natural (C.I)”.

O site norte-americano “The Vegetarian Resource Group (VRG)” (Grupo de Recursos Vegetarianos) é enfático sobre o corante vermelho 40: “Durante anos, um rumor afirmou que ele é feito de cochonilha, mas isso não é verdade.”

A afirmação do VRG, portanto, confirma que a notícia de que o vemelho 40 não é de origem animal, como se pensava, é nova. No site brasileiro “Guia Vegano”, o texto que garante que o vermelho 40 é sintético está com uma etiqueta que traz a palavra “novo”, indicando que também por lá esta notícia é novidade.

Olho na embalagem: a cochonilha pode aparecer da seguinte forma:

– INS 120;
– E120;
– Corante Natural Carmim de Cochonilha;
– Corante Natural Ácido Carmínico;
– Em cosméticos, pode aparecer como CI 75470;

Assim como você, estamos aprendendo sempre

Reiteramos nosso objetivo de levar sempre a informação correta aos nossos leitores e nossa vontade constante de aprender e manter o espaço aberta para correções, sempre que necessárias.

Referências utilizadas

http://www.anvisa.gov.br/legis/resol/44_77.htm
http://www.vrg.org/nutshell/faqingredients.htm#red
http://www.guiavegano.com/substancias/alimentos.html
http://www.insumos.com.br/aditivos_e_ingredientes/materias/119.pdf

269 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: