Deputado brasileiro do PSL quer proibir termos como ‘hambúrguer vegano’ ou ‘carne de soja’

- visualizações

Deputado brasileiro do PSL quer proibir termos como ‘hambúrguer vegano’ ou ‘carne de soja’

Medo dos produtos veganos.


295 pessoas agradeceram por este conteúdo.


O deputado federal Nelson Barbudo, que é produtor rural e se elegeu defendendo a ideologia ultradireitista de Jair Bolsonaro nas redes sociais, protocolou um Projeto de Lei (PL) que atinge em cheio o mercado de produtos veganos.

Segundo o PL 2876/2019 (veja a íntegra), fica proibido o uso de termos como ‘carne de jaca’, ‘carne de soja’, ‘bacon vegano’, ‘salsicha de soja’, ‘hambúrguer vegetal’ ou qualquer outro que faça ligação entre produtos cárneos e produtos vegetais.

Ainda em fase preliminar de tramitação, o PL pode causar uma grande reviravolta no mercado de produtos veganos brasileiros se chegar a virar lei.

Especialmente nos últimos meses, muitas empresas estão lançando hambúrgueres veganos que se assemelham em textura, cheiro, aparência e sabor aos hambúrgueres de carne animal. Essas empresas teriam que mudar o nome de seus produtos. Na Europa, há um movimento para que hambúrgueres veganos passem a se chamar “discos veganos”.

Caso passe pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, é muito provável que o PL seja sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, já que ele demonstrou diversas vezes que joga do lado do agronegócio, e não do lado do que é mais lógico ou justo.

Se isso acontecer, termos utilizados há décadas no nordeste brasileiro como “carne de caju”, eternizados até em músicas populares, teriam que ser revistos.

Há alguns meses, uma deputada também ligada aos ruralistas protocolou um PL para proibir a palavra “leite” em bebidas de origem vegetal (relembre aqui). A proposta dela, caso vire lei, traria mudanças até para rótulos de garrafinhas de leite de coco.

295 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: