Em 2040, 60% da carne não virá de abate animais, aponta uma das maiores consultorias do mundo

- visualizações

Em 2040, 60% da carne não virá de abate animais, aponta uma das maiores consultorias do mundo

Esperança e dados. Projeção para daqui 21 anos.


99 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Talvez você nunca tenha ouvido falar dela, mas a empresa AT Kearney é uma das maiores consultorias empresariais do mundo. Com escritórios em 90 países, 3.500 funcionários e receita de 1,3 bilhão de dólares em 2018, o que a AT Kearney diz é respeitado no mundo dos negócios.

Em um recente artigo (veja aqui), a AT Kearney afirmou que a carne proveniente de abate de animais será minoria no mercado já em 2040.

O relatório aponta que 35% da carne consumida mundialmente em 2040 será cultivada em laboratório a partir de células de animais. Os outros 25% virão de substitutos vegetais semelhantes à carne animal, como já está acontecendo com as carnes vegetais de segunda geração. Até 2040, esses produtos estarão muito mais desenvolvidos e ainda mais parecidos com a carne animal, atraindo cada vez mais as pessoas que consomem carne.

“A transição em direção ao vegetarianismo e veganismo é inegável, com muitos consumidores reduzindo o consumo de carne e, como resultado, ficando mais conscientes em relação ao meio ambiente e bem-estar animal. Para aqueles que são apaixonados por carne, o aumento previsto de produtos de carne cultivada em laboratório significa que eles ainda irão saborear a mesma dieta que sempre tiveram, mas sem o mesmo custo ambiental e animal.” – disse Carsten Gerhardt, parceiro da AT Kearney.

Com quantos anos você estará quando essa mudança acontecer? Comente.

99 pessoas agradeceram por este conteúdo.

publicidade


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: