Governador de São Paulo diz que é a favor da proibição das exportações de animais vivos

- visualizações

Governador de São Paulo diz que é a favor da proibição das exportações de animais vivos

Convocação é feita para esta terça-feira (19).


169 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Marcio França, governador do estado de São Paulo, usou sua conta oficial no Instagram para se colocar a favor da proibição das exportações de animais vivos (veja aqui).

Tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) o PL 31/2018 (íntegra do PL), que trata de uma possível proibição desse tipo de exportação em todos os portos do estado. Será o fim dos navios carregados com milhares de animais vivos nos portos de Santos e São Sebastião, por exemplo.

Na publicação, França afirma que sancionará o PL quando ele passar pela aprovação da ALESP:

“Não à exportação de animal vivo para abate! Já manifestei e reforço 100% o meu apoio à aprovação do Projeto de Lei que Proíbe o Embarque de Animal Vivo para Exportação nos Portos de SP, que está sendo analisado na Assembleia Legislativa. Apoiamos a aprovação deste Projeto para acabar com essa prática. E, assim que isso acontecer, vou SANCIONAR a Lei! É compromisso com a proteção à vida animal e especialmente com todos vocês que enviaram mensagens de apoio. O Estado de São Paulo precisa dar o exemplo e defender a proibição em todo o País!” – escreveu.

Mas, para um Projeto de Lei desses ser aprovado na ALESP, não é fácil. Por isso, o autor da proposta, deputado Feliciano Filho, fez uma convocação para que ativistas da causa animal compareçam à ALESP nesta terça-feira (19) à noite para uma reunião (veja o apelo).

A ideia é formar uma comissão forte para que os outros deputados sejam convencidos que a sociedade realmente quer o fim das exportações de animais nos portos paulistas.

169 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: