- visualizações

Joaquin Phoenix salva uma vaca e sua bebê de dentro de um matadouro e faz amizade com o dono

Herói para os animais.


410 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Para algumas pessoas pode soar estranho que um ativista pelos direitos animais comprometido com a causa como Joaquin Phoenix possa fazer amizade com um dono de matadouro. Mas o diálogo faz parte do ativismo e, por causa dele, Joaquin conseguiu salvar duas vidas.

O caso foi revelado nessa quinta-feira (20), mas aconteceu no dia 10 deste mês, um dia depois de Joaquin fazer um dos mais impressionantes discursos do Oscar de todos os tempos (reveja aqui).

Segundo é mostrado no vídeo abaixo, dirigido por Shaun Monson, que também dirigiu o documentário Terráqueos (assista aqui de graça), a visita de Joaquin ao matadouro não foi planejada. No vídeo é dito apenas que houve essa oportunidade e ele foi, sem mais detalhes.

Nas imagens é possível perceber que Joaquin e o dono do matadouro se estranham um pouco no começo, mas ao longo da convivência parece que eles conseguem se entender, até certo ponto.

“Eu nunca pensei que encontraria amizade em um matadouro, mas conhecendo Anthony e abrindo meu coração para o dele, percebo que podemos ter mais em comum do que diferenças. Sem o ato de bondade dele, Liberty e sua bezerrinha Indigo teriam sofrido uma morte terrível.” – disse Joaquin após a visita.

Anthony, citado por Joaquin, é um dono de matadouro que demonstrou ter certa ética – por mais contraditório que isso possa parecer. Mesmo para um dono de matadouro, matar uma vaca que acabou de dar à luz é cruel demais. Liberty teve sua bebê, chamada Indigo, dentro do matadouro, então ela foi separada das outras vacas junto com a filhote.

O matadouro em questão é especializado em matar vacas exploradas na indústria do leite quando elas não dão mais o número de litros de leite por dia que a indústria quer. Mesmo assim, Anthony disse que não mata vacas quando elas estão com filhotes.

Essa atitude com certo grau de benevolência é uma exceção nos matadouros. E foi nesse ponto que Joaquin aproveitou e pediu para levar a vaca e sua bebê para um santuário. E o dono do matadouro concordou.

Feliz da vida por pelo menos salvar dois animais com a visita, Joaquin carregou Indigo – a vaquinha pequena – nos braços até o caminhão de transporte. Ao sair do matadouro, deu um abraço em Anthony e disse: “Te mando fotos dela correndo livre no santuário”.

Quem pode garantir que esse dono de matadouro não foi tocado pela compaixão? Existem muitos casos de pecuaristas que deixam de matar animais para se dedicar a outras áreas, como a agricultura, por exemplo.

Assista ao vídeo | YouTube

410 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: