- visualizações

Marca de esmaltes Risqué é vendida para multinacional de cosméticos que testa em animais

Bozzano, Biocolor, Monange, Paixão e Cenoura & Bronze também estão no pacote.


125 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Risqué é uma das mais famosas marcas de esmaltes do Brasil. Os produtos Risqué são muito usados, inclusive, por veganas, por uma crença quase geral de que todos os produtos da marca são livres de ingredientes de origem animal e de testes em animais.

Em seu site oficial, a Risqué mantém uma área de perguntas frequente na qual está escrito que eles não testam em animais e que também não usam nenhum corante de origem animal (veja aqui). Muita atenção aqui: eles não afirmam que a base do esmalte é livre de ingredientes de origem animal, e sim que não há nenhum corante animal na fórmula.

A venda da qual estamos tratando nesta matéria ocorreu em 2015, conforme matéria da revista Época Negócios (veja aqui). Por qualquer motivo, não ficamos sabendo na época. Soubemos apenas nessa quarta-feira (27) por meio de uma matéria da blogueira Nicole Make (veja aqui).

A Coty, empresa que comprou as marcas Risqué, Bozzano, Biocolor, Monange, Paixão e Cenoura & Bronze, é uma multinacional que é uma das líderes na área de cosméticos. Segundo o site oficial da empresa, eles fazem testes em animais quando a legislação do país obriga.

Eles vendem na China e, como eles mesmo descrevem em seu site (veja aqui, em inglês), por lá é obrigatório fazer testes em animais antes de se colocar um produto cosmético no mercado. A Coty se diz comprometida a colaborar com o fim dos testes em animais obrigatórios na China, mas não abre mão de vender lá.

Empresas de cosméticos realmente comprometidas em não maltratar animais simplesmente não aceitam vender no mercado chinês.

Além das marcas compradas em 2015, a Coty tem ainda as marcas Calvin Klein, Wella, Chloé, Clairol, Covergirl, Marc Jacobs, OPI, Philosophy, Rimmel London e Sally Hansen.

Uma curiosidade extra é que a Risqué não aparece no diretório de marcas do site oficial da Coty. E no site oficial da Risqué é possível conferir que a marca realmente é da Coty apenas no link de “política de privacidade” (veja aqui). Parece que há um interesse em manter os nomes Coty e Risqué publicados juntos apenas de forma bastante discreta.

Pedimos desculpas por não publicar esta matéria antes e agradecemos todas as dicas e links que nossos leitores nos enviam. Só com a ajuda de todos poderemos publicar informações relevantes com a velocidade necessária para que escolhas mais éticas possam ser tomadas.

125 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: