Ministro Blairo Maggi afirma que o Brasil vai exportar 100 mil bois vivos já nos próximos dias

- visualizações

Ministro Blairo Maggi afirma que o Brasil vai exportar 100 mil bois vivos já nos próximos dias

Dinheiro. Dinheiro. Dinheiro.


136 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Em meio a toda polêmica sobre o tema de exportação de animais vivos para serem mortos e consumidos em outros países, o site do programa Globo Rural publicou uma matéria alarmante (veja aqui) nesta terça-feira (6).

A reportagem foi redigida tendo como base uma entrevista com o ministro Blairo Maggi, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Maggi afirma que há hoje no Brasil cerca de 100 mil bovinos em quarentena apenas esperando a hora de serem embarcados para países do Oriente Médio.

“Temos aí mais de 100 mil bois em confinamentos e estações de quarentena para serem exportados nos próximos dias. São navios que vão chegar e não podemos parar com tudo isso.” – afirmou o ministro, que é conhecido como um grande desmatador da Amazônia e como um dos maiores empresários mundiais da soja. A maior parte da monocultura da soja, vale lembrar, é empregada na alimentação de animais da pecuária.

Um dos navios citados pelo ministro é o Ocean Shearer, de Singapura, que está há dias próximo ao Porto de Santos e deve atracar a qualquer momento. O navio é um dos maiores do mundo para transporte de animais vivos com capacidade para 22.500 bois.

A localização do Ocean Shearer – e de qualquer outro navio – pode ser monitorada pelo site Marine Traffic (confira aqui). Ainda segundo o site, a previsão de chegada a Mersin, na Turquia, do navio NADA, que iniciou toda a polêmica, é dia 21/02/2018 (confira aqui).

O fato do navio Ocean Shearer estar há muitos dias próximo ao Porto de Santos já demonstra que o governo sabia que, de uma forma ou de outra, iria reverter a proibição de embarque de carga viva aplicada pela Justiça. O navio estava só esperando a situação se resolver e deve começar a embarcar os 22.500 bois a qualquer momento no mesmo porto de onde saiu o NADA.

Exportar bois vivos para serem degolados em países do Oriente Médio rendeu ao Brasil cerca de R$ 890 milhões em 2017.

136 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: