Ministro do Meio Ambiente de Jair Bolsonaro filma animais empalados e coloca ‘vegano’ na legenda

- visualizações

Ministro do Meio Ambiente de Jair Bolsonaro filma animais empalados e coloca ‘vegano’ na legenda

E ele ainda acha que o aquecimento global é uma discussão secundária.


705 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Ricardo Salles, futuro ministro do Meio Ambiente anunciado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, é a pessoa que se esperava para este cargo no novo governo. Bastante alinhado com os ideais de Bolsonaro.

Salles é réu na Justiça, acusado de flexibilizar a área de proteção ambiental próxima ao Rio Tietê, em São Paulo. O caso teria acontecido durante sua permanência como secretário do meio ambiente do governo de Geraldo Alckmin.

Claramente, ele será um ministro do Meio Ambiente que não estará lá para efetivamente preservar o meio ambiente, e sim para preservar os interesses dos ruralistas. Ele trabalhará em consenso com a futura ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

Nas últimas eleições, Salles concorreu à vaga de deputado federal pelo partido NOVO, mas não se elegeu.

Em julho deste ano, Salles visitou a cidade de Pratânia, no estado de São Paulo. Lá, participou de um churrasco de chão, no qual vários porcos estavam empalados inteiros, assando. Salles filmou a cena e tirou um sarro dos veganos na legenda da publicação no Instagram: “Churrasco vegano de Pratânia.” – disse o futuro ministro (confira aqui).

Como absurdo pouco é bobagem, em uma entrevista à Folha de S. Paulo após ser anunciado como futuro ministro, Salles afirmou que as discussões sobre o aquecimento global são secundárias.

“A discussão se há ou não aquecimento global é secundária. Não vou entrar nesse momento nessa discussão.” – disse.

705 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: