Navio NADA chega à Turquia com os bois; projeto de lei quer proibir embarques em São Paulo

- visualizações

Navio NADA chega à Turquia com os bois; projeto de lei quer proibir embarques em São Paulo

Navio da morte. #portovergonha


165 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Sob constantes protestos de ativistas turcos contrários à importação de animais vivos, o navio NADA chegou ao porto de Mersin visivelmente imundo e coberto por grandes lonas.

Segundo ativistas locais, o navio recebeu segurança reforçada e ninguém pode chegar perto para tirar fotos ou filmar, nem mesmo a imprensa.

O navio, que saiu de Santos levando mais de 25 mil bois vivos, é o símbolo de uma luta de ativistas do Brasil e da Turquia pelo fim deste tipo de transporte.

Além de manifestações e pressão jurídica, há um projeto de lei (PL) já em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) para proibição de exportação de animais vivos para abate em outro país. Se aprovado e sancionado, o PL proibirá a prática em todos os portos do estado de São Paulo.

Segundo o texto do PL 31/2018 (íntegra do PL), a empresa que desobedecer a regra, caso ela vire mesmo lei, desembolsará pouco mais de R$ 5.000,00 por animal. Um navio como o NADA, por exemplo, seria multado em mais de R$ 125 milhões.

Para ler tudo que já publicamos sobre este caso, vá ao menu aqui do site e passe o mouse sobre “casos” e escolha “Caso Porto Vergonha”.

165 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: