Novo estudo aponta que produção de carne e leite já polui mais do que a indústria do petróleo

- visualizações

Novo estudo aponta que produção de carne e leite já polui mais do que a indústria do petróleo

Importante.


224 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Destaque no importante jornal britânico The Independent (confira aqui, em inglês) nesta quarta-feira (18), um novo estudo traz dados estarrecedores a respeito da indústria dos laticínios e da carne.

Segundo o material, as cinco maiores empresas produtoras de carnes e laticínios do mundo são responsáveis por mais emissões de gases do efeito estufa do que a petrolífera Shell.

E é claro que a brasileira JBS-Friboi não poderia ficar de fora dessa lista. Na verdade, ela encabeça a listagem de empresas poluidoras: JBS, Tyson, Cargill, Dairy Farmers of America e Fonterra são as empresas citadas no site do Institute For Agriculture & Trade Policy (confira aqui, em inglês), instituto dos Estados Unidos responsável pelo estudo.

Também participou da elaboração do estudo a GRAIN, uma organização sem fins lucrativos especializada em ajudar pequenos produtores e movimentos sociais (veja aqui, em inglês).

Ainda segundo o novo estudo, se a produção de carne e laticínios continuar no caminho em que está, a projeção é de que ela será responsável por 80% das emissões de gases do efeito estufa até 2050.

As emissões das 20 maiores empresas produtoras de leite e carne superam as de grandes nações inteiras como Alemanha, Canadá, Austrália ou Reino Unido. Toda essa poluição vem dos gases diretamente produzidos pelos bilhões de bovinos em todo o planeta, criados para a pecuária, e também de desmatamentos para abertura de pastagens.

Entram no cálculo também os recursos naturais utilizados na produção da alimentação de todos esses animais e em toda a cadeia de produção.

Portanto, se você se importa com as questões climáticas, considere o veganismo. Acesse www.sejavegano.com.br para os primeiros passos.

224 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: