Por decreto, Jair Bolsonaro permite inclusão de ingredientes de origem animal em cervejas

- visualizações

Por decreto, Jair Bolsonaro permite inclusão de ingredientes de origem animal em cervejas

Mais uma que você vai ter que engolir.


139 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Na terça-feira (9), foi publicado o Decreto nº 9.902 (veja aqui), assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, que afrouxa as regras da fabricação de cerveja no país.

Desde 2009, estava vetado o uso de qualquer ingrediente de origem animal nas cervejas fabricadas no Brasil. Além disso, o uso de cereais como milho e arroz em substituição à cevada estava limitado a 45% do volume do produto. Os fabricantes usam essas substituições para diminuir o custo da cerveja, já que a cevada é mais cara do que o milho e o arroz.

Apesar do texto publicado retirar esse limite de 45%, o governo garante que ele continua valendo por conta de uma instrução normativa (54/2001) que ainda está em vigor. Mas o decreto abre também a possibilidade dos fabricantes adicionarem corantes, espumantes e estabilizantes químicos, conservantes sintéticos e mais uma infinidade de ingredientes que não eram permitidos até então.

O problema maior é mesmo a questão dos ingredientes de origem animal. A partir de agora, os consumidores que não querem consumir nada de origem animal, como os veganos, devem ficar de olho também no rótulo da cerveja.

Especialmente cervejarias artesanais gostam de brincar bastante com as fórmulas da bebida. Carlo Lapolli, presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), comemorou o decreto em entrevista ao portal G1.

“Antes uma cerveja adoçada com mel não era considerada cerveja, era vendida como bebida alcoólica mista. O mesmo acontecia com cerveja adoçada com lactose, outro adoçante comum nas cervejarias artesanais.” – disse Lapolli.

Na prática, a qualidade da cerveja brasileira, que já não é boa, vai cair muito. Os únicos interessados nessas mudanças são os empresários que querem baratear a fabricação para lucrar mais, mesmo que seja preciso entregar um produto pior e menos saudável.

Será que mexendo na cerveja o povo acorda?

139 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: