Restaurantes sul-coreanos servirão carne de cachorro durante as Olimpíadas de Inverno 2018

- visualizações

Restaurantes sul-coreanos servirão carne de cachorro durante as Olimpíadas de Inverno 2018

Governo teme que turistas fiquem chocados.


66 pessoas agradeceram por este conteúdo.


O governo de Pyeongchang, cidade que sedia as Olimpíadas de Inverno 2018, ofereceu até subsídios para que os 12 restaurantes locais não vendessem carne de cachorro durante os jogos de inverno, mas foi em vão.

Com apenas 43 mil habitantes, Pyeongchang tem 12 restaurantes que sobrevivem vendendo carne de cachorro, muito tradicional na região. No entanto, o governo teme que os turistas que já lotam a cidade para a cerimônia de abertura dos jogos nesta sexta-feira (9) fiquem chocados ao ler os cardápios dos restaurantes.

Apenas 2 restaurantes aceitaram parar de vender carne de cachorro até o dia 25 de fevereiro, quando acabam os jogos.

“Enfrentamos muitas queixas dos operadores de restaurantes de que estamos ameaçando sua subsistência. Inicialmente, alguns deles venderam carne de porco e outras coisas ao invés de carne de cachorro e viram as suas vendas caindo bruscamente. Então, voltaram para a carne de cachorro.” – disse Lee Yong-Bae, representante do governo, à AFP.

Embora o consumo de carne de cachorro venha caindo muito na Coreia do Sul, especialmente entre os jovens da capital, Seul, muitos sul-coreanos ainda acreditam em supostos benefícios que esse tipo de cadáver teria para a saúde.

66 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: