Sea Shepherd desmente Bolsonaro sobre origem de imagens que ele usou para atacar a Noruega

- visualizações

Sea Shepherd desmente Bolsonaro sobre origem de imagens que ele usou para atacar a Noruega

Fake news, tá ok?


90 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Recentemente, a Noruega suspendeu um repasse de R$ 132,6 milhões ao Fundo Amazônia, uma reserva financeira internacional para proteção da floresta. O motivo é o constante crescimento dos percentuais de desmatamentos na região.

O governo brasileiro não gostou da atitude dos noruegueses e, pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro tentou sensibilizar seus eleitores mostrando um vídeo de caça às baleias supostamente gravado na Noruega (assista aqui).

Sim, o mesmo presidente que é a favor da caça tentou usar um vídeo com música triste da banda Evanescence e animais sendo caçados para atacar a Noruega.

A conhecida ONG Sea Shepherd, no entanto, veio a público esclarecer que as imagens feitas por eles não são da Noruega.

O vídeo compartilhado por Bolsonaro diz que as imagens foram gravadas em maio deste ano na Noruega, mas a verdade é que as cenas são das Ilhas Faroé, um território dinamarquês. As filmagens foram feitas entre 2017 e 2018, e não 2019.

Em nota, a Sea Shepherd desmentiu Bolsonaro: “O presidente brasileiro Bolsonaro usou imagens pobremente reeditadas da equipe da Sea Shepherd UK da caça às baleias das dinamarquesas Ilhas Faroé para falsamente atacar a Noruega após a suspensão de pagamentos para um fundo para a Floresta Amazônica.” – disse a ONG (veja aqui).

90 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: