Tragédia causada por crime ambiental da empresa Vale também fez milhares de vítimas não humanas

- visualizações

Tragédia causada por crime ambiental da empresa Vale também fez milhares de vítimas não humanas

Que os responsáveis sejam punidos.


201 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A tragédia ocorrida no município de Brumadinho, em Minas Gerais, foi causada por um crime ambiental da mineradora Vale, responsável pela barragem que se rompeu e criou um rio de lama.

Além das casas, propriedades e famílias destruídas e centenas de pessoas desaparecidas ou mortas, a tragédia fez também milhares de vítimas não humanas. Embora a prioridade dos resgates neste momento seja de vidas humanas, há uma mobilização pelo salvamento também dos animais que estão sofrendo com tudo isso.

Macacos, cachorros, bois, porcos, galinhas e muitas outras espécies estão entre as vítimas. Por terem porte grande, os bovinos são os que as equipes de resgate e de imprensa visualizam primeiro. Muitos bois e vacas morreram na hora do rompimento da barragem, mas existem neste momento ainda muitos deles perdidos às margens do rio de lama ou atolados nele.

As imagens são muito tristes e pouco pode ser feito por esses animais. Ainda assim, existem veterinários já iniciando o processo de salvamento daqueles que ainda têm chance. O Instituto Luisa Mell enviou parte de sua equipe para Minas Gerais e há também ONGs locais mobilizadas.

O deputado mineiro Noraldino Júnior entrou com uma liminar na Justiça para a Vale arque com os custos da operação de resgate dos animais que puderem ser salvos.

Embora sejamos um portal voltado exclusivamente para a divulgação do veganismo, é óbvio que também nos solidarizamos com a dor das famílias e estamos perplexos com tudo que está acontecendo. Nós engrossamos o coro dos que querem que a Justiça seja feita e que os responsáveis sejam punidos de forma exemplar.

Abaixo, algumas imagens do drama vivido por essas vítimas não humanas.

201 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: