- visualizações

Vazam cenas de maus-tratos a cachorro durante as gravações de ‘4 Vidas de Um Cachorro’

A PETA emitiu uma nota pedindo que as pessoas boicotem o filme.


4 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Com estreia mundial marcada para o fim de janeiro em todo o mundo, o filme 4 Vidas de Um Cachorro (A Dog’s Purpose) deverá ter o sucesso de suas bilheterias seriamente afetado por um vídeo divulgado nessa quarta-feira (18).

Um dos maiores sites do mundo, o norte-americano TMZ, divulgou um vídeo dos bastidores do filme onde um cão é obrigado a entrar em uma piscina que tem motores para simular uma forte correnteza. Visivelmente apavorado, o cachorro é colocado pelo treinador na piscina e, segundos depois, ouve-se gritos e pedidos para parar a gravação porque o cão havia afundado e sumido na água.

O filme contará a história de um cão que reencarna na Terra 4 vezes para tentar achar seu primeiro tutor, que foi o seu melhor amigo. O enredo, claro, chama a atenção de quem gosta de animais. Mas sempre que uma produção envolver animais nas gravações, desconfie. As chances de maus-tratos são imensas e neste caso não foi diferente.

Em nota, a ONG PETA emitiu uma carta convidando a todos que gostam de animais para um boicote generalizado ao filme.

“A PETA está convidando os amantes de cães a boicotar o filme ‘4 Vidas de um Cachorro’ para passar a mensagem de que cães e quaisquer outros animais devem ser tratados com humanidade, e não como peças descartáveis de filmes. A nossa investigação sobre a empresa que comercializou os cães para o filme revelou que os animais não tiveram cuidados veterinários nem antes nem durante ou depois das gravações; foram forçados a dormir ao ar livre no frio, sem cama ou algo para se aquecerem; tiveram que ficar em ambientes sujos e sem banho regular; e muito mais.”

Assista ao vídeo | YouTube

4 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: