Vídeo explica como a indústria suína conseguiu popularizar o bacon, que é pura gordura de porco

- visualizações

Vídeo explica como a indústria suína conseguiu popularizar o bacon, que é pura gordura de porco

Assista agora.


227 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A série de TV norte-americana Adam Ruins Everything (Adam Destrói Tudo) é especializada em destruir histórias nas quais as pessoas acreditam sem ao mesmo se questionar a respeito. Recentemente, o tal Adam – que é o apresentador – resolveu falar sobre bacon.

Muita gente gosta de bacon. Aliás, ama bacon, como costumam dizer. Mas não foi sempre assim. Até há poucas décadas, a indústria suína tinha muita dificuldade em dar vazão ao que era gerado com gordura nos frigoríficos de porcos.

Na época, todo mundo queria comer os cortes magros dos porcos, mas os empresários precisavam dar um jeito de vender gordura para a população para lucrar mais.

A solução encontrada pela maior associação de produtores de carne de porco dos Estados Unidos foi se unir a grandes redes de lanchonetes para fazer campanhas massivas em todos os meios de comunicação sobre como bacon é “maravilhoso” e “indispensável”.

O resultado dessa lavagem cerebral é que alguns anos depois as pessoas começaram a pagar para comer gordura de porco e até hoje têm esse pedaço antes indesejado do animal como um produto de alto valor em sua alimentação.

E sobre todas as evidências de que comer carnes tão gordurosas é um desastre para a saúde? Bem, a indústria ofereceu presentes a muita gente para que essas informações científicas ficassem embaixo do tapete.

Em 2015, porém, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou categoricamente que bacon e outras carnes processadas estão no Grupo 1 do risco de câncer, ou seja, há estudos suficientes para dizer que bacon efetivamente dá câncer (relembre aqui). Ainda assim, muita gente diz que não vive sem bacon. Considerando a afirmação da OMS, podemos concluir que, na verdade, tem muita gente que não vive mais justamente por conta do bacon.

Apesar do peso do assunto, o vídeo chega a ser divertido e já entra aqui no Vista-se como um importante material de conscientização em relação ao poder de persuasão da indústria dos frigoríficos.

O vídeo não tem cenas fortes.

Assista ao vídeo | YouTube

227 pessoas agradeceram por este conteúdo.

publicidade


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: