Luisa Mell é abertamente ameaçada por pecuarista ligada à empresa exportadora de animais vivos

- visualizações

Luisa Mell é abertamente ameaçada por pecuarista ligada à empresa exportadora de animais vivos

Assista ao vídeo para entender melhor a história.


350 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A ativista vegana Luisa Mell está na luta presencial pela aprovação do PL 31/2018 na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) há vários dias. Ao lado de diversos outros ativistas, ela protesta contra a crueldade contra os animais na pecuária.

O PL 31 proíbe a exportação de animais vivos para abate em outros países e, se aprovado na ALESP, será sancionado pelo governador de São Paulo, Marcio França, que já declarou apoio ao projeto.

Durante suas visitas à ALESP, a ativista chegou a ser abordada por pecuaristas que tentaram convencê-la de que os bois não sofrem em navios que os levam para serem mortos em outros países (assista aqui). Apesar da discussão um tanto acalorada, a abordagem dos pecuaristas foi feita dentro da civilidade.

Completamente fora de qualquer noção de civilidade, no entanto, a pecuarista Ana Paula Sales Cunha, esposa de Silvio Castro Cunha Junior, dono da AgroExport, usou o Instagram para ameaçar Luisa Mell e sua família. A AgroExport é uma empresa sediada em Uberaba, Minas Gerais, especializada em exportar animais vivos.

Luisa Mell fez uma publicação para seus seguidores explicando a situação e apontando quem a ameaçou (veja aqui). Luisa publicou uma captura de tela que mostra as palavras da pecuarista: “Fica calada sua trouxa, você está expondo sua família desnecessariamente com suas invenções e mentiras! O mundo agro está todo contra você, se prepare…” – disse Ana Paula.

A ativista publicou também que o caso já está em conhecimento da polícia. Ela explicou também que o movimento pela aprovação não é encabeçado por ela e que ela apenas o apoia. “A causa animal é muito maior do que a Luisa Mell! As pessoas não estão lutando por minha causa, e sim por amor aos animais! Valor que parece difícil de entender para esta senhora!” – disse Luisa.

Após a repercussão, a conta da pecuarista Ana Paula no Instagram tornou-se privada, mas Luisa apontou também que Ana, em uma de suas publicações que hoje estão escondidas, falou que o PL não vai ser pautado nunca. De fato, ele vem se arrastando há muitos dias, apesar da luta dos ativistas.

Será que a pecuarista sabe de algo ilícito que faria o presidente da ALESP, Cauê Macris (PSDB), não pautar o PL ou foi apenas um desejo externado?

Explicamos melhor essa história em um vídeo no nosso canal do YouTube.

O canal do portal Vista-se no YouTube (inscreva-se) tem o apoio do Prime Dog (Facebook) e da Loja Vista-se (loja on-line).

Assista ao vídeo | YouTube

350 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: