- visualizações

Bolsonaro diz que criará secretaria de proteção aos direitos dos animais; mas só para domésticos

Ouça o áudio.


316 pessoas agradeceram por este conteúdo.


O presidente eleito Jair Bolsonaro prometeu criar uma secretaria de proteção aos direitos dos animais, mas apenas para os animais domésticos. A declaração foi feita durante uma entrevista de rádio concedida na sexta-feira (26), antevéspera do segundo turno.

“Em falar em animais de estimação, vocês podem ter certeza que em nosso governo teremos uma secretaria específica para tratar dos direitos dos animais, os animais merecem respeito.” – disse Bolsonaro.

Apoiador declarado das vaquejadas, rodeios, pecuária e caça, Bolsonaro tinha um plano também de unificar os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente. A nova pasta criada seria entregue a um ruralista de sua confiança.

A poucos dias do segundo turno, porém, ele disse que manteria os dois ministérios para evitar polêmicas com os ambientalistas. A ideia, segundo ele havia revelado em outra entrevista dias antes, é dar as pastas da Agricultura e do Meio Ambiente para dois ruralistas diferentes. Na prática, nada mudou.

Se cumprir a promessa, Bolsonaro criará uma secretaria especializada em políticas públicas para cachorros e gatos. Ao mesmo tempo, se mantiver outras promessas de campanha, vai incentivar ainda mais as práticas de rodeios, vaquejadas e vai dar também burocracia zero para caçadores se divertirem matando animais.

Ouça o áudio | Caso queira ouvir a entrevista completa, clique aqui.

 

316 pessoas agradeceram por este conteúdo.

publicidade


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: