Cientistas brasileiros dão grande passo para o fim do uso de animais em testes de medicamentos

- visualizações

Cientistas brasileiros dão grande passo para o fim do uso de animais em testes de medicamentos

Momento importante para os animais.


308 pessoas agradeceram por este conteúdo.


Testes em animais para produtos cosméticos estão com os dias contados e já são até proibidos em diversos países, incluindo todas as nações da União Europeia.

Mas pouco se fala sobre o fim dos testes em animais para medicamentos. Isso porque o que se sabia até o momento é que é muito difícil substituir as cobaias animais por qualquer outro método nesse tipo de pesquisa.

Mas pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), de Campinas, interior de São Paulo, acabam de colocar uma luz sobre o assunto.

Utilizando miniórgãos artificiais criados em laboratório a partir de células humanas, eles conseguiram testar o medicamento paracetamol e observar que os órgãos de laboratório reagem de forma muito semelhante ao organismo humano real. Até mesmo os efeitos colaterais do paracetamol foram perfeitamente reproduzidos nos miniórgãos.

Segundo os cientistas, esse método pode diminuir o uso de animais em testes para medicamentos nos próximos anos e retirar completamente os animais dos laboratórios em 3 ou 4 décadas. Eles afirmam que o método é muito mais barato e – o mais importante – é mais eficaz do que o método atual, que usa animais.

Abaixo, a cobertura da EPTV, afiliada local da Rede Globo, sobre essa nova descoberta.

Assista ao vídeo | YouTube

308 pessoas agradeceram por este conteúdo.

Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Apoie com R$ 1,00 por mês (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade: