Vista-se | Mesmo proibida há quase 20 anos, a farra do boi continua acontecendo em Santa Catarina

- visualizações

Mesmo proibida há quase 20 anos, a farra do boi continua acontecendo em Santa Catarina

Tradição cruel e criminosa.



A farra do boi é um ótimo exemplo de como a tradição pode ser tacanha e cruel. Introduzida no estado de Santa Catarina por imigrantes açorianos, a prática tornou-se crime em 1998, há quase 20 anos.

Mesmo assim, todo ano na época da Páscoa as cenas de violência contra bois em vias públicas catarinenses se repetem. Segundo a tradição, para os farristas – como são conhecidos os criminosos – o boi representa Judas, o traidor de Jesus Cristo. Baseados nisso eles encurralam os animais, os estressam e, em alguns casos, os matam no fim. Muitos animais têm fraturas nas patas e outras partes do corpo tentando fugir.

Segundo uma reportagem da afiliada local da Rede Globo (assista aqui), é comum que cachorros sejam soltos para matarem o boi à mordidas após a farra. Pedradas, facadas e estocadas também são comuns. Autoridades locais não conseguem ou não querem coibir a prática.

A afiliada catarinense da Record TV também fez uma matéria sobre o tema, confira abaixo.

Assista ao vídeo | YouTube


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui).

Publicidade: