Segurando coelho morto na Av. Paulista, Yasmin Brunet pede o fim da exploração de animais

- visualizações

Segurando coelho morto na Av. Paulista, Yasmin Brunet pede o fim da exploração de animais

Dia Internacional dos Direitos dos Animais.


168 pessoas agradeceram por este conteúdo.


A modelo e atriz Yasmin Brunet participou neste domingo (10) de uma manifestação chocante na Av. Paulista, em São Paulo.

Dezenas de ativistas ficaram enfileirados apenas segurando animais mortos pelas indústrias da carne, do leite, dos ovos, das peles e outras.

Yasmin estava bem na frente, segurando um coelho que morreu no caminhão que o levava para o abate. A carne dele seria servida em restaurantes, mas ele morreu sufocado debaixo de centenas de outros antes de chegar ao matadouro.

A manifestação foi organizada pela ONG Animal Equality, da qual Yasmin é madrinha no Brasil. A data escolhida não foi por acaso. Dia 10 de dezembro é o Dia Internacional dos Direitos dos Animais – e também o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Ao publicar sobre a manifestação em sua conta no Instagram, que tem 1,7 milhões de seguidores, Yasmin finalizou com a seguinte frase: “Não faça parte dessa crueldade.” – escreveu a atriz.

Assista ao vídeo | Facebook


Ir para a capa do Vista-se (clique aqui)

Nossas redes sociais:
Facebook | YouTube | Instagram | Twitter

Publicidade:

168 pessoas agradeceram por este conteúdo.